Biblioteca Pública da Madalena

A Biblioteca Pública da Madalena foi aberta ao público no dia 14 de Setembro de 1986 no edifício da antiga central eléctrica da Madalena e actuais instalações da Casa do Povo da Madalena, tendo para o efeito sido remodelado o antigo depósito da biblioteca itinerante da Fundação Calouste Gulbenkian, sediada neste concelho desde 12 de Julho de 1996.

 
Dezoito anos volvidos, a dia 19 de Julho de 2002, foi instalada e aberta ao público no edifício actual, a antiga escola primária na Avenida Machado Serpa, projecto dos centenários, onde funcionou o ensino primário durante décadas. O edifício foi totalmente remodelado e adaptado às necessidades de uma biblioteca de leitura pública, com recepção e sala de periódicos à entrada, bem como espaços para literatura infanto-juvenil, sala de adultos onde se encontram obras sobre os mais diversos temas, sala de consulta com acesso a dicionários e enciclopédias, e um cantinho infantil - espaço para jogar, representar, desenhar e pintar. 

Estão, também presentes, exposições de pintura e fotografias entre outras, existindo, de igual modo, um Posto de Informação Juvenil, com dois terminais de acesso livre à “world wide web”. 

O espólio total da Biblioteca Pública Municipal da Madalena ascende a mais de 70 mil títulos, estando, neste momento, em curso, um aturado trabalho de inventário e catalogação informática de todos os livros à disposição dos madalenenses.